Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
03/02/2020
Suinocultura
Importações de carne bovina e suína do Japão crescem em 2019
As importações de carne suína do Japão totalizaram 958.965 toneladas, um aumento de 3,7%

Suinocultura Industrial

O Japão importou mais carne bovina e suína em 2019 do que no ano anterior, em grande parte devido a um acordo de livre comércio transpacífico, mostraram dados do governo na quinta-feira, sinalizando desafios enfrentados pelos agricultores domésticos em meio ao influxo de importações mais baratas.

As importações totais de carne bovina cresceram 1,3% em 2018, para 615.387 toneladas. Entre os 11 membros da Parceria Transpacífica revisada, os embarques do Canadá dobraram, seguidos de um aumento de 33,1% da Nova Zelândia, segundo o Ministério das Finanças.

Enquanto isso, as importações de carne bovina dos EUA caíram 2,6%, para 241.050 toneladas. Os Estados Unidos retiraram-se do TPP após a posse do presidente Donald Trump em 2017.

Mas, como Tóquio e Washington chegaram a um acordo comercial, as importações dos EUA devem aumentar este ano.

As importações de carne suína do Japão totalizaram 958.965 toneladas, um aumento de 3,7%, com as do México, outro membro da TPP, subindo 14,7% e do Canadá, 4,6%. As tarifas japonesas sobre as importações de carne bovina e suína foram reduzidas sob a parceria, que entrou em vigor em dezembro de 2018.

As importações de carne de porco da Espanha também contribuíram para o aumento geral, 9,8%, depois que o Japão assinou um acordo de livre comércio com a União Europeia.

Sob o acordo, que entrou em vigor em fevereiro do ano passado, o Japão eliminou tarifas de garrafas de vinho e reduziu as de queijo.

As importações de vinho do bloco aumentaram 15,0%, com as da Itália expandindo 17,4% e da Espanha 16,2%. As importações totais de queijo do bloco europeu aumentaram 7,7%.

Tags: