Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
11/10/2018
Avicultura
Ovos: em setembro piora ainda mais a relação de preço entre granja e varejo
Em setembro o produtor de ovos paulistano sofreu queda mensal de 4,6% na comercialização do seu produto. Em doze meses, o índice de perda alcançou 23,8%

AviSite

Em setembro o produtor de ovos paulistano sofreu queda mensal de 4,6% na comercialização do seu produto. Em doze meses, o índice de perda alcançou 23,8%.

Na outra ponta, ou seja, no varejo paulistano, também houve perdas na comparação mensal e anual. Porém, em índices muito inferiores que os verificados na granja: em relação ao mês anterior, de 1%, e, em relação a setembro de 2017, de 2,4%.

Com a maior queda mensal no preço de comercialização dos ovos na granja houve piora na participação do produto em relação ao varejo: era de 31,3% em agosto e caiu para 30,2% em setembro.

Em doze meses, a perda de participação do produtor foi bem pior que a verificada em setembro do ano passado: lá, o preço da dúzia de ovos na granja equivaleu a cerca de 38,6% do alcançado no varejo, equivalendo a perda anual de 8,4 pontos percentuais.

Por ora, os preços médios alcançados por ambos os produtos em outubro indicam que o produtor voltará a perder participação em relação ao varejo: o índice de participação deverá ficar abaixo do alcançado em setembro e pode atingir a 2ª pior relação dos últimos 50 meses.

Ovo branco

Tags: