Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
11/06/2018
Suinocultura
Quase todas as praças do vivo tiveram alta na semana
Todas as variações foram referentes a altas nos estados, sendo a mais expressiva observada em São Paulo, de 16,62%

Notícias Agrícolas

Ao longo desta semana, quase todas as principais praças de suíno vivo mostraram alguma alteração em suas cotações, como mostra a análise do economista do Notícias Agrícolas, André Lopes. Todas as variações foram referentes a altas nos estados, sendo a mais expressiva observada em São Paulo, de 16,62%, a R$3,79/kg e a menor, vista no Rio Grande do Sul, de 3,49%, a R$3,26/kg.

O Indicador do Suíno Vivo Cepea/Esalq, referente a ontem (7), trouxe estabilidade para Minas Gerais e Paraná e alta para as demais praças, sendo a mais expressiva observada em Santa Catarina, de 1,01%, a R$3,00/kg.

O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP destaca que, com o fim da paralisação dos caminhoneiros, as entregas de suíno e ração têm voltado ao normal. Alguns frigoríficos estão demonstrando maior necessidade por novos lotes de animais para abate neste início de mês. Há processadoras operando perto da capacidade máxima de abate, com preços maiores por novos lotes.

Tags: