Sindicarne - Florianópolis
INDÚSTRIAS DE PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO EM PROTEÍNA ANIMAL
18/01/2018
Renda no campo deve cair R$ 18,562 bilhões em 2018
O Ministério da Agricultura estima o valor da produção agropecuária em R$ 521,7 bilhões

valor bruto da produção agropecuária (VBP), que reflete o faturamento obtido dentro da porteira com a venda dos principais produtos agrícolas e proteínas animais, deve recuar R$ 18,562 bilhões em 2018 e fechar em R$ 521,7 bilhões, bem abaixo do recorde de R$ 540,2 bilhões registrado no ano passado. Os cálculos são da Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura.

A forte queda prevista no VBP em 2018 se deve às projeções de recuo de R$ 18,068 bilhões (menos 5%) na receita obtida com a venda dos produtos agrícolas, estimada em R$ 346,5 bilhões. No caso das proteínas animais, a expectativa é de perda de R$ 494 milhões na renda, com faturamento de R$ 175,1 bilhões.

A receita com a venda da cana-de-açúcar apresenta o maior recuo previsto no VBP, da ordem de R$ 7,155 bilhões, para 61,205 bilhões (menos 10,5%). Em seguida vem o milho, com perda estimada em %R$ 6,375 bilhões, para R$ 41,688 bilhões. No caso da soja, mesmo a perspectiva de colheita de uma safra inferior a safra passada, a projeção é de aumento de R$ 1,674 bilhão no faturamento dos produtores, para R$ 120,2 bilhões.

No caso das proteínas animais, a projeção é de aumento de R$ 1,369 bilhão na renda da pecuária de corte em 2018, para R$ 71,075 bilhões. No caso do frango a perspectiva é de aumento de R$ 400,4 milhões na renda, para R$ 49,435 bilhões. Já a suinocultura deve perder R$ 153,9 milhões, com VBP estimado em R$ 15,751 bilhões.

Confira a seguir os dados da pesquisa:

Tags: